Banner Governo ESTADO HEC
Contador
Em cima da hora:
Enchente atinge bananais em três cidades do Vale do Ribeira, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Ladrões de banco vieram de Joinville

    A revelação foi feita, nesta terça-feira (28), pelo delegado Maurício Moradillo, do Draco, durante coletiva de imprensa, no auditório do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), quando a dupla, natural de Joinville, foi apresentada. O major PM Leão, comandante da 81ª Companhia Independente de Polícia Militar


    Ladrões de banco vieram de Joinville

    O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) procura dois criminosos da Bahia que teriam contratado os primos catarinenses Gélson Arena Cabrera, 31 anos, e Sílvio Scotti, 33, para roubar o dinheiro de um terminal de autoatendimento (TAA), do Santander, em Itinga, no último domingo (26).


    A revelação foi feita, nesta terça-feira (28), pelo delegado Maurício Moradillo, do Draco, durante coletiva de imprensa, no auditório do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), quando a dupla, natural de Joinville, foi apresentada. O major PM Leão, comandante da 81ª Companhia Independente de Polícia Militar, também participou do encontro.


    Gélson e Sílvio foram flagrados no interior da agência, por equipes da 52ª e 81ª e CIPMs, que frustraram a ação dos bandidos e conseguiram recuperar R$ 64 mil subtraídos dos caixas eletrônicos e parte do material utilizado para arrombar os terminais. O restante foi apreendido por investigadores do Draco num imóvel em Stella Maris, alugado para hospedar os criminosos.


    Segundo Moradillo, este é o quarto TAA do Santander atacado pelos assaltantes, em dois meses. A agência de Itinga já fora alvo duas vezes e o terminal no Comércio uma. Três outros integrantes da quadrilha e que também participaram do roubo estão sendo procurados. Dois são também de Joinville e o terceiro de São Paulo, todos especialistas em arrombamento de TAAs, com uso de maçarico.


    Preso em três ocasiões por furto qualificado na capital paulista e nas cidades de Ponta Grossa e Curitiba, no Paraná, Gélson foi novamente autuado por prática desta modalidade criminosa e também por formação de quadrilha. Ele e Sílvio serão encaminhados à Cadeia Pública, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, enquanto o material apreendido irá para análise no Departamento de Polícia Técnica (DPT).
     



Publicidade
Anuncie Aqui!
Colégio Intelecto
Mariana
Auto Escola Trindade
Haste
ACC Material de Construção
Capitão
Banner - Kamila - Grafica
Contador
Banner Prefeitura - Congestionamento
Auto Peças Brasil
FBI Investigação
Auto Escola Farol
Trayler
Point Cell
Banner Governo ESTADO HEC
Terminal Rodoviário
Banner Positivo
Excel Radiador
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos