Banner Governo do estado Embasa
Contador
Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Bases Comunitárias baianas são referência no país

    O exemplo bem sucedido das Bases Comunitárias de Segurança da Bahia servirá de referência no Programa de Redução de Violência Letal, promovido pela Organização Não Governamental (ONG)


    Bases Comunitárias baianas são referência no país
    Divulgação / SSP-BA

     

    O exemplo bem sucedido das Bases Comunitárias de Segurança da Bahia servirá de referência no Programa de Redução de Violência Letal, promovido pela Organização Não Governamental (ONG) carioca Observatório de Favelas, que tem o apoio da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

    Essa decisão foi tomada após reunião entre o coordenador da Superintendência de Prevenção a Violência (SPREV), coronel PM Zeliomar Volta, responsável pelo planejamento e funcionamento das bases baianas, com Fernanda Gomes, coordenadora executiva da ONG.

    O encontro, proposto pela representante do Observatório de Favelas, estava previsto no cronograma de visitas daquele órgão, elaborado para buscar boas práticas existentes em alguns estados brasileiros. As informações dos bons resultados alcançados pelas bases e pelo Programa Pacto Pela Vida motivaram a organização a procurar a Secretaria da Segurança Pública da Bahia.

    “Quero parabenizar pelo excelente trabalho, diante de uma situação tão complexa encontrada nos bairros. Esse é um exemplo de um modelo consistente, que nós classificamos como importante para reduzir as mortes em áreas violentas”, afirmou Fernanda Torres. No final do encontro a coordenadora da ONG convidou um representante da SSP para fazer uma apresentação das Bases Comunitárias de Segurança em evento que ocorrerá ainda este ano, no Rio de Janeiro.

    Redução dos homicídios

    Responsável pela escolha dos locais que receberão as bases e também pelo funcionamento delas, o coordenador da SPREV, coronel Zeliomar, fez uma apresentação com foco nos resultados alcançados após as instalações daquelas unidades. No Calabar a redução dos homicídios foi de 60%, na localidade da Santa Cruz a diminuição foi de 100%, no Nordeste de Amaralina, por sua vez o decréscimo chegou a 40% e na unidade implantada na Chapada do Rio Vermelho a queda foi de 77,8%.

    Em Fazenda Coutos, no subúrbio ferroviário, os assassinatos foram reduzidos em 50%. Na base de Itinga, lançada no dia 15 de agosto, pelo pouco tempo de funcionamento, ainda não tem números estatísticos que possam ser comparados.

    “Estamos aplicando a doutrina de polícia cidadã na nossa corporação e essa transformação está nos dando números positivos nesse primeiro momento”, destacou o coronel Zeliomar, acrescentando que o mérito e sucesso das bases estão na junção das ações policiais com as políticas sociais.



Publicidade
Anuncie Aqui!
Auto Peças Brasil
Terminal Rodoviário
Banner Governo do estado Embasa
Haste
Trayler
Point Cell
ACC Material de Construção
Contador
Excel Radiador
Auto Escola Trindade
Banner Prefeitura - Mobilidade
FBI Investigação
Colégio Intelecto
Capitão
Auto Escola Farol
Banner - Kamila - Grafica
Mariana
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos