Banner Governo do estado Embasa
Contador
Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Bahia alcança redução de quase 26% em roubos a bancos e homicídios também tem queda mas feminicídios aumenta

    Quinhentas e trinta e uma vidas foram preservadas de janeiro a dezembro de 2019, se comparado com o ano de 2018. Os números refletem a queda de 9,4% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (homicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte). Na capital, a redução foi de 11, 4% (-131), seguido pelo interior com – 9,7% (-370) e pelas cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS), que computaram – 4,5% (-30).


    Bahia alcança redução de quase 26% em roubos a bancos e homicídios também tem queda mas feminicídios aumenta
    Fotos SSP-BA

    Operações constantes para desbaratar quadrilhas especializadas em investidas contra instituições financeiras e apreensão das armas utilizadas por esses grupos conseguiram reduzir em quase 26% o número de ocorrências em 2019. Este é o quinto ano consecutivo de redução desta modalidade de crime. Os dados criminais e as ações policiais de 2019 foram apresentados na manhã desta segunda-feira (13), pelo secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, em coletiva realizada no Centro de Operações e Inteligência (COI), no CAB.

    Em 2019 foram computados 17 casos a menos de roubos a bancos no estado, se comparado o mesmo período de 2018, sendo registrados 49 ocorrências em toda a Bahia. O interior do estado alcançou o maior índice de queda, com -42% de registros, seguida por Salvador com -14%.

    Quinhentas e trinta e uma vidas foram preservadas de janeiro a dezembro de 2019, se comparado com o ano de 2018. Os números refletem a queda de 9,4% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (homicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte). Na capital, a redução foi de 11, 4% (-131), seguido pelo interior com – 9,7% (-370) e pelas cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS), que computaram – 4,5% (-30).

    Ainda na modalidade Crime Contra a Vida, a Bahia registrou 101 feminicídios em 2019. “Este é um dos nossos principais desafios. Apesar dos esforços da SSP e de outros órgãos, o aumento do feminicídio é uma realidade, não só da Bahia, mas em todo o país. Estamos engajados com a SPM, o MP, a Defensoria Pública e outros órgãos da rede de proteção à mulher para mudarmos essa realidade”, afirmou o secretário. Na ocasião, ele anunciou o lançamento da Operação Ronda Maria da Penha em mais nove municípios baianos.

    Na análise dos Crimes Contra o Patrimônio, a modalidade que apresentou decréscimo de 465 casos foi o roubo de veículos, queda de 8,6%. Os roubos a coletivos também apresentaram declínio em 3,6%, sendo – 73 casos.

    As ofensivas contra estabelecimentos comerciais apresentaram redução de 34%, sendo registrados menos 655 ocorrências.


    Tecnologia

    Cento e dez criminosos (homicidas, feminicidas, traficantes, estupradores, receptadores, assaltantes e outros) foram alcançados, na capital e em Feira de Santana, em 2019 após alertas do Sistema de Reconhecimento Facial, implementado pela Secretaria da Segurança Pública.
    O software analisa os rostos captados pelas câmeras inteligentes e compara com o banco de dados da pasta, possibilitando a captura de pessoas que tenham mandado de prisão expedido pela Justiça.

    Investimentos

    Mais de 10 mil pistolas Glocks, modelo G22 Geração 5 calibre.40, de fabricação austríaca e 200 fuzis e espingardas, calibres 5,56 e 12, respectivamente, foram adquiridos para equipar as policiais Civil, Militar e Técnica e o Corpo de Bombeiros Militar. No total foram empregados 22 milhões de reais na compra de armamento.

    Setecentos e oitenta e seis novas viaturas renovaram as frotas de unidades das quatro forças de segurança, que atuam em todas as regiões do estado.

    Produtividade

    Através da análise criminal e de operações preventivas e ostensivas foram capturadas 20.799, sendo 17.355 em flagrante delito e 3.444 por meio de mandado de prisão. Mais de 4,8 mil adolescentes cometeram infrações legais e foram encaminhados para a Delegacia do Adolescente Infrator.

    Além de 23 fuzis (armas de grosso calibre utilizada principalmente por grupos especializados em roubos a bancos), também foram apreendidas 4.109 revólveres, espingardas, pistolas e metralhadoras.

    Trinta e quatro toneladas de drogas foram apreendidas e incineradas em Salvador, RMS e interior. Além de porções prontas para comercialização em diversos bairros da capital, grandes operações conjuntas alcançaram quase 4 toneladas de cocaína e 30 de maconha (em tabletes e em plantações) e outros entorpecentes.

    As ações de combate à violência contra a mulher também foram reforçadas ao longo do ano, gerando 76 prisões por intermédio da Operação Ronda Maria da Penha, que também promoveu 24 mil rondas ostensivas e 10.462 fiscalizações de medidas protetivas, dados registrados até o mês de novembro.



Publicidade
Anuncie Aqui!
Point Cell
Auto Escola Trindade
Auto Escola Farol
PMCEL
Terminal Rodoviário
Mariana
Haste
Banner Governo do estado Embasa
FBI Investigação
Banner Micareta
Contador
Colégio Intelecto
ACC Material de Construção
Excel Radiador
Trayler
Auto Peças Brasil
Capitão
Banner - Kamila - Grafica
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos