Banner Governo do estado Obras Regionais
Contador
Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • DHPP está a caça do outro envolvido de matar a pastora

    A tragédia aconteceu na rua São Joaquim, no bairro Pampalona, após uma confusão envolvendo os filhos da pastora e Erisvaldo, que é vizinho da vítima. A delegada Ludmila Vilas Boas disse que já existia uma rixa antiga entre as famílias


    DHPP está a caça do outro envolvido de matar a pastora
    Foto Divulgação

    Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Feira de Santana, que tem o comando da delegada interina Ludmila Vilas Boas, estão à procura de Erisvaldo da Silva Almeida, 30 anos, acusado de participação na morte da pastora Norma Lúcia Pereira Daltro Souza, 52 anos, na noite de terça-feira (01-01-19).

    A tragédia aconteceu na rua São Joaquim, no bairro Pampalona, após uma confusão envolvendo os filhos da pastora e Erisvaldo, que é vizinho da vítima. A delegada Ludmila Vilas Boas disse que já existia uma rixa antiga entre as famílias, e que já tinha queixa registrada na 2ª Delegacia e que ficou acirrada com o passar do tempo e que chegou a ir para justiça.

    “Na noite do crime ocorreu mais uma briga e quando a pastora tentou intervir foi atingida com tiros na cabeça, peito e braço. Há informações de que os tiros que atingiram, ela e outras vitima foram disparados por Erisvaldo e também por Adailson Macedo Almeida, qual foi preso em flagrante por uma guarnição da Polícia Militar. Nossas equipes estão nas ruas e há qualquer momento faremos a prisão desse acusado”, explicou Ludmila.

    Entenda o Caso

    A pastora evangélica, Norma Lúcia Renata Daltro Souza, 53 anos, que residia na Rua Joaquim, no bairro Pampalona, em Feira de Santana, foi assassinada com três tiros, na noite de terça-feira (01-01-19), por volta das 19h40, no interior de sua residência, após proteger seus filhos durante uma briga com o vizinho.


    A rixa entre os filhos da pastora e o vizinho era antiga e na noite de terça, iniciou-se mais uma briga, nesse momento, a pastora chegava em casa, após congregar, quando percebeu que os filhos estavam brigando, tentou conter a confusão, mas o vizinho e um comparsa, covardemente deflagraram tiros acertando a cabeça, braço e o peito.
    Norma ainda chegou a ser socorrida para Policlínica do George Américo, mas não resistiu e morreu. Além dela, outras pessoas também foram baleadas e agredidas com cadeiradas e golpes de faca.


    Clarisse da Silva Santos, 30, foi atingida por um tiro na perna direita, Naiara Lopes de Jesus, 28, foi baleada no braço e agredida com uma cadeirada na cabeça, José Agripino Santana Neto, 46, levou uma facada na cabeça, e um dos acusados de disparar os tiros, Adailson Macedo Almeida, 24, foi ferido com uma cadeirada na testa. Todos esses foram socorridos para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).
     



Publicidade
Anuncie Aqui!
Point Cell
Spaço Sorriso
Auto Peças Brasil
Minas Ceel e Prime Cell
Banner - Kamila - Grafica
ACC Material de Construção
Salão
Banner Governo do Estado
Banner - Hasteg
Colégio Intelecto
Consorcio 2
Banner Arraiá de Feira
Mariana
Fogos Aladim 2
FBI Investigação
Auto Escola Trindade
Auto Escola Farol
Banner Governo do Estado
Lelinho Toldos
Jobope
Advogado Sepúlveda
Jocell
Trayler
Banner Governo do estado Obras Regionais
Capitão
Contador
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos